Usabilidoido: Menu Principal

English Website


Sobre meu projeto de dissertação

Finalmente decidi o que vou fazer no mestrado!

broo.jpeg

Nos últimos dois anos me afastei um pouco do mercado para me concentrar no Mestrado. Publiquei neste blog algumas aulas que assisti, alguns textos refletindo as leituras e, é claro, artigos acadêmicos que apresentei em congressos. Só do que não falei até agora foi de meu projeto de dissertação.

Não falei porque estava indefinido... Conforme ia lendo novos autores, tendo contato com novas teorias, o projeto era reconfigurado. Mudei dezenas de vezes a proposta. Meu pré-projeto apresentado na seleção não tem nada a ver com o que estou desenvolvendo hoje.

Eis o que estou desenvolvendo hoje (e dessa vez é definitivo): design de interação participativo com uma comunidade de software-livre, no caso a do projeto BrOffice.org, a alternativa livre ao Microsoft Office.

O movimento da Web 2.0 me fez perceber que a relação entre as pessoas e as mídias está mudando radicalmente. As pessoas estão deixando de ser meros consumidores/usuários para se tornar co-criadoras de mídias colaborativas. O consumo passivo dá lugar à interatividade quando se permite a participação verdadeira na configuração das atividades. O poder se distribui e a responsabilidade traz de volta a Ética para o cotidiano. A cultura popular deixa de ser mera referência histórica para se tornar protagonista da mídia de massa, novo espaço da cultura.

Dois visionários que perceberam essa tendência na sociedade muito antes da Web 2.0 foram Richard Stallman e Jesus Martín-Barbero. O primeiro levantou a bandeira do software-livre na Informática, enquanto o segundo propôs a mudança do foco da Comunicação dos meios para as mediações do cotidiano. Ambos acreditam que as pessoas não precisam ser tratadas como objetos de manipulação por uma elite dominante, senão que agentes esclarecidos sobre suas possibilidades de ação e reação à hegemonia.

Pois bem, estou interessado no que o Design de Interação pode aprender com estas visões diferenciadas. Encontrei alguns autores que seguem uma linha crítico-participativa, como Jonas Lowgren, Anthony Dunne, Leif Tannfors, Malcolm McCullough, mas nada tão radical quanto as posições de Stallman e Martín-Barbero. Minha contribuição teórica para o Design de Interação, portanto, será a relação desses autores pouco conhecidos com as idéias de Martín-Barbero. Usarei como exemplo prático, a experiência com a comunidade de software-livre.

O redesign do portal do BrOffice.org está acontecendo mediante a parceria entre a ONG mantenedora do projeto, o Instituto Faber-Ludens e a S.Toledo. O andamento do projeto pode ser acompanhado pelo wiki. Eventualmente, estarei destacando algumas experiências aqui no blog.


Dicas

Siga-me no Twitter.

Autor

Frederick van Amstel - Quem? / Contato - 22/01/2008

Palavras-chave

dissertação    broo    participação    pesquisa    

Opções



Comentários

Discussão
Marcos Paulo
06/02/08 às 19:08

Fred,

Sou leitor assíduo do seu blog e acredito que você fará um ótimo trabalho de redesign do site do BrOffice.

Boa sorte no seu projeto.


Discussão
Emílio
08/02/08 às 22:38

Muito boa a sua tese de mestrado! Estou terminando a minha monografia sobre Mundos Virtuais (tenho que fazer um) rs e sei quanto trabalho que dá e as indecisões que surgem. Mas garanto que o Portal BROffice.org está em muito boas mãos. Acompanho seu trabalho sobre usabilidade e sei que você virou uma referência.


Discussão
Sylvio Galvão
22/03/08 às 20:07

Espero que faça com tranquilidade seu mestrado e estarei sempre a disposição no que precisar. Bom trabalho e boa sorte.



Retrucadas

Se você tem um blog, pode retrucar via TrackBack:
http://www.usabilidoido.com.br/cgi-bin/mt/mt-tb.cgi/625


Comente.






(aguarde que é demorado mesmo...)


Você merece.

Assine nosso conteúdo e receba novidades sem sair de casa!

Atualizado com o Movable Type.

Alguns direitos reservados por Frederick van Amstel.

Apresentação do autor | Consultoria | Portifólio | Política de Privacidade | Contato