Usabilidoido: Menu Principal

English Website


Gurus versus Blogueiros

Andrei Herasimchuk apitou o segundo round do jogo que colocou os gurus do webdesign contra famosos e desconhecidos da blogosfera estadunidense. É de morrer de rir! Ele prova por A + B que em casa de ferreiro o espeto é de pau. Quanto mais famoso é o cara, mais podre é o site dele. Fazem tudo ao contrário do que pregam nas palestras e artigos.

Se os leitores me ajudarem, podemos fazer a versão brasileira do jogo. O que acham? Que tal colocar Luli Radfahrer contra minha amiga Cezinha? E Michel Lent, Alexandre de Castro e Silva, Irapuan Martinez e tantas outros que posam de gurus contra os designers que estão por aí fazendo design de qualidade no seu dia-a-dia? Postem suas sugestões.


Dicas

Siga-me no Twitter, Facebook, LinkedIn ou iTunes.

Autor

Frederick van Amstel - Quem? / Contato - 04/06/2004

Palavras-chave

gurus    jakob    

Opções



Comentários

Perfeito... onde assino?? :P


Discussão
Alexandre Castro e Silva
05/06/04 às 21:00

poxa, eu poso de guru desde quando?


Discussão
Fred
06/06/04 às 02:21

Em primeiro lugar, todo consultor é um guru. No seu caso particular, você ainda escreve como se tivesse algum conhecimento que seus potenciais leitores não têm, você está posando de guru. Se incomodar publicamente com alguém que te plagiou, também é coisa de guru. E finalmente, dizer que não pode ajudar de graça seus leitores porque não tem tempo pra isso. Guru nunca tem tempo.

Não que isso seja mau. Eu mesmo posso ser considerado guru também, com toda a conotação negativa do termo. O ponto é que o post do Andrei não é nada depreciativo. É uma brincadeira muito bem-humorada e talvez fosse interessante brincarmos também.


Discussão
dudu
08/06/04 às 02:49

quero assistir (no sentido de ver, e não ajudar) isso, não deixem a ideia morrer.


Realmente não pode morrer mesmo.
Seria muito legal pra poder aproximar os "deuses" dos seus "seguidores" ;)


Discussão
Irapuan
10/06/04 às 05:09

Quebrando minha resistência ao "seu belo nome", vou postar meu desagravo aqui. Odeio quando se referem a alguém de "guru".

Primeiro por que guru tem um significado nobre. Entre web designers brasileiros, tem conotação negativa. Uso inadequado do termo para caçoar de quem tem convicção no que defende.

Lamento que essa conotação negativa tenha se enraizado. Uma vitória da idiotice sobre quem apenas está debatendo.


Discussão
Fabiano Cruz
10/06/04 às 06:06

Muito boa a iniciativa da "brincadeira" Fred.

Realmente o link "Entre na Polêmica" ficou muito bem aplicado para este post. :))


Discussão
Fred
10/06/04 às 22:52

Ira, todo termo pode ter conotação negativa, depende do contexto. Se você disser que é designer dentro de uma convenção de machistas, olhares de reprovação (ou desejo, sei lá) repousarão sobre você.

Cito uma entrevista onde o próprio Jakob Nielsen fala sobre o que é ser guru:

http://www.pixelsurgeon.com/interviews/interview.php?id=45
"Há muitos outros usabilistas que são muito experientes e talentosos mas que não podem ser realmente considerados gurus porque eles empregam a maior parte do seus talentos nos projetos de sua própria empresa. Gurus tem que mudar o mundo e você faz isso causando impacto em tantas outras pessoas que elas realizam muito mais do que você espera fazer por conta própria."

Por essa definição, o termo guru se encaixa como uma luva para você, já que vive defendendo com vêemencia seus pontos de vista nas listas de discussão e afins. E isso não tem conotação negativa. Conotação negativa tem quando alguém quer te criticar. Aí do mesmo jeito que pode te depreciar dizendo que não existe esse treco de "webdesigner" e você é um mero "designer de interfaces Web", alguém pode te chamar de guru.




Comente.






(aguarde que é demorado mesmo...)


Você merece.

Assine nosso conteúdo e receba novidades sem sair de casa!

Atualizado com o Movable Type.

Alguns direitos reservados por Frederick van Amstel.

Apresentação do autor | Consultoria | Portifólio | Política de Privacidade | Contato