Usabilidoido: Menu Principal

English Website


Dedo no Globo Media Center

Laura Lessa, arquiteta da informação da Globo.com, pediu a opinião do pessoal da Aifia-pt sobre o mais novo produto da empresa. Participei da discussão e coloquei meus pontos a melhorar. Não é que ajudou? No re-design os problemas que identifiquei foram quase todos eliminados, acompanhe:

Gostei do rollover nos thumbnails dos vídeos, porém aquele menu contextual que aparece atrapalha e só adiciona uma opção ou duas opções, logo pode ser cortado. Uma solução seria fazer igual na playlist, um íconezinho no canto inferior direito da imagem e ainda aceitar o movimento arrastar-e-soltar
para dentro da playlist (o problema é que teria que diminuir o número de linhas na tabela dos vídeos se isso fosse habilitado). (...)

Outra coisa que percebi agora no caso dos rollovers lá no catálogo de vídeos. Se houvesse um vão entre cada uma das caixas seria possível alternar entre o thumbnail e a descrição. Do jeito que está, se eu desejo alternar, sou obrigado a rolar sobre outro thumbnail e aí vem outras informações que não tem nada a ver, enfim, ruído.

Resolveram esse problemas muito bem com uma moldura que aparece depois de um segundo do mouse em cima, com a tal área morta entre um vídeo e outro. Destaca o filme e abre mais espaço para o texto ser maior. O chato é que a área de ação não inclui o texto descritivo. Algumas pessoas tem a mania de passar o mouse por cima do que estão lendo, sem falar que esse comportamento é inesperado.

A área de ação deveria incluir toda a área da caixa, até à sua borda. O ícone de "Adicionar à Playlist" poderia ser só um símbolo +. Do jeito que está, parece pouco definido.

Sobre os rótulos "Passe livre" e "Na íntegra", ainda acredito que estão causando ruído. O primeiro poderia ser representado escurecendo ou esbranquiçando os vídeos que não podem ser vistos e o "Na íntegra" poderia ser um ícone com uma sequência de três quadradinhos ou algo do gênero.

na barra colorida ao lado, os rótulos tem que ser clicáveis pelo menos para abrir. A área do botão "+" é muito pequena (vide lei de Fit)

Mudaram mesmo. Está como disse. Aliás, esse menu está muito bem feito. A codificação por cores para identificar as áreas foi uma idéia colorida e eficaz. Só acho que nos cabeçalhos do catálogo de vídeo, o vermelho e o laranja estão muito parecidos.

o ícone da playlist que indica que um vídeo está tocando não precisa ficar em movimento e não precisa ser tão grande. Até fica engraçado a cara do José Genoíno com aquela seta enorme piscando sobre a cabeça dele, parece algo como uma mira do Counter Strike, sei lá.
Ainda está assim, mas a playlist conseguiu ficar ainda melhor com o rollover que revela o título do vídeo. Reparei que o botão para avançar e voltar a lista (nos cantos extremos) estão com áreas pequenas demais. É preciso muita precisão para controlá-los. Ainda acho que poderiam ser ativados só de passar o mouse por cima.

Implementaram uma busca avançada engenhosa. A opção "destacar o player" é uma grande idéia para eliminar o ruído da página e até mesmo para quem está vendo uma matéria, enquanto lê emails, conversa no MSN e etc. Porém, acredito que o rótulo "isolar o player" seria mais adequado. A caixa Ao Vivo foi uma grande sacada, mas fico pensando como eles conseguem sincronizar com o broadcasting da televisão. O Guia com os destaques da programação também foi uma grande idéia. Porém com o rótulo "Guia do GMC" ao lado de "Tour Virtual" e "Ajuda", ele parece ser mais um botão de ajuda. Melhor "Guia de Programação" ou "Destaques da Programação". Na verdade, acho que ele deveria ter um destaque maior (um vermelhinho caia bem), para ter mais distinção dos botões de ajuda.

Lá nos states, um provedor de banda larga lançou um serviço parecido. O diferencial é que a interface é super-diferente, parece mais interativa, apesar de não ter testado. Ao invés de usar o mídia player eles colocam os vídeos direto no Flash, o
que permite isso. A Laura disse que todas as tentativas deles de fazer isso acabou resultando num vídeo muito mais pesado. Não sei se tentaram usar o Flash Communication Server, mas dei a dica.

No geral, é um trabalho admirável que dá orgulho de ser brasileiro. Não esperava isso da Rede Globo, pela sua posição histórica conservadora. Talvez sejam só um bando de lunáticos lá dentro fazendo acontecer e passando desapercebidos, ou então, os novos tempos estão mesmo forçando as grandes empresas a se flexibilizarem.


Dicas

Siga-me no Twitter, Facebook, LinkedIn ou iTunes.

Autor

Frederick van Amstel - Quem? / Contato - 13/07/2004

Palavras-chave

globo    media    center    vídeo    videos    video    televisão    interativa    tv    re-design    

Opções



Comentários

Discussão
Marcelo Linhares
13/07/04 às 22:07

Fred,

me salva numa questão que eu fiquei em dúvida...
a "lei de Fit" que você comentou é aquela que determina que um botão não pode ser menor que o ponteiro do mouse?

Parabéns pelo texto, é nestas situações cotidianas que verificamos realmente a importância da usabilidade.

Vou participar desta lista (AIfIA-pt) durante algumas semanas para "estudar" um pouquinho!!!


Discussão
Fred
14/07/04 às 15:35

A lista Aifia-pt tem um tráfico muito baixo. A WDUse tinha mais tráfico antigamente, mas ainda continua sendo a maior referência no assunto.

www.10minutos.com.br/wduse/

A Lei de Fit diz que a dificuldade para apontar em um alvo é proporcional ao tamanho do alvo e a distância do ponteiro do mouse. Disso partem várias conclusões, como que por exemplo, quanto maior for o botão, mais fácil de clicar e etc. Comentei ela nesse post:

http://www.usabilidoido.com.br/centralizar_ou_alinhar_a_esquerda.html

A questão do tamanho mínimo de um botão não parte da Lei de Fit, parte do senso comum. Assim como os dedais do antigo discador redondo dos telefones (vocês lembram?) tinha um tamanho suficiente para caber o dedo dentro, o mouse deve caber dentro do botão. Muitas pessoas não sabem que a área de ação do mouse é restrita ao primeiro pixel dele, no canto superior esquerdo. Daí, podem posicionar ele fora do botão, enquanto o resto permanece dentro. Nesse caso, o botão não é ativado e o usuário fica frustrado.


Discussão
Fábio
11/08/04 às 04:52

Fred,
Trabalho com marketing e preciso de alguns videos do Globo Media Center.

É possível capturá-los? Como?

Abraço
Fábio Munhoz
Adm. Empresas


Discussão
Fred
11/08/04 às 21:09

Fábio, tenho impressão de que isso é ilegal. Você precisa pedir a autorização deles para fazer isso, já que eles detém o direito de reprodução.


Discussão
roger
28/01/05 às 20:55

É possível capturá-los? Como?


Discussão
Captura de Vídeo
31/03/05 às 15:44

Há diversos programas de captura de vídeo disponíveis em site de downloads: http://www.superdownloads.com.br
http://www.baixaki.com.br


Discussão
Helen
08/04/05 às 12:20

Por acaso achei este site tentando entrar na globo media center , acho muito interessante o que a turma fez mas , eu sou associada e moro no exterior so consigo ver um pouco de videos brasileiros pq cada vez que conecto com a globo me vem a pagina no encontrada eu gostaria de saber pq isto tento me comunicar com eles porem volta eu gostaria de saber como fazer gracias


Discussão
MoNi
23/05/05 às 23:03

eu moro na españa bcn mas e que a globo podria voltar com isso de 7 dias livre por que ñ aguento mais qria ver america a novela e shown:(


Discussão
Mário
11/08/05 às 15:31

Querem vídeos do Media Center??
Entre em contato pelo email: [email protected]


Discussão
Yan
08/06/06 às 21:32

Tem como ver os videos do GMC em uma janela maior?
brigado


Discussão
Bia Maravilha
27/09/10 às 18:37

Tem no http://www.baixatudo.com.br também, onde trabalho, é produto Globo.com.




Comente.






(aguarde que é demorado mesmo...)


Você merece.

Assine nosso conteúdo e receba novidades sem sair de casa!

Atualizado com o Movable Type.

Alguns direitos reservados por Frederick van Amstel.

Apresentação do autor | Consultoria | Portifólio | Política de Privacidade | Contato