Usabilidoido: Menu Principal

English Website


Cobertura do Intercon 2005

Evento reúne mais de 650 profissionais do mercado Web em São Paulo.

Logo do Imasters Intercon

Voltei do Intercon, promovido pelo Imasters em São Paulo, entusiasmado com o interesse dos profissionais pelo lado conceitual de nosso ofício. A maior parte das palestras tratou de estratégias, histórias, negócios, criatividade e ferramentas para criação. Não assisti todas as palestras porque haviam duas salas simultâneas, mas nas que estive presente notei que o público estava de olhos e ouvidos bem abertos para tudo o que os palestrantes falavam. Fizeram perguntas pertinentes e discutiram entre os colegas durante os intervalos.

Gravei uma rádio-reportagem sobre o evento com entrevistas com alguns palestrantes e figuras conhecidas como Fabiano Cruz, Mozart Petter, Leandro Ferreira , Marco Gomes, André Bittencourt e outros.

Cobertura do Intercon 2005 [MP3] 22 minutos

Abaixo segue minhas impressões e opiniões sobre as palestras que assisti.

Direção de arte para web, o processo criativo e os diferenciais

Max ChananMax Chanan demonstrou com o próprio exemplo que diretores de arte para propaganda devem ser excêntricos, malandros, mas muito dedicados. Depois de chegar atrasado para a palestra, teve problemas de incompatibilidade entre seu iBook e o projetor do evento. Demorou quase uma hora para que a organização do evento resolvesse o problema e, durante alguns minutos ele falou que o mercado está precisando de bons diretores de arte, que estejam preparados para varar noites terminando peças solicitadas de última hora que, no dia seguinte, podem ser rejeitadas pelo cliente e jogadas no lixo.

Falou também que esse profissional precisa entender de comunicação e redação, para entender melhor como seu trabalho se encaixa na estratégia de marca da empresa. O diretor de arte precisa ser muito minucioso, olhar para os detalhes da peça com muito senso crítico.

Depois de restabelecido o projetor, Max mostrou alguns de seus cases dos quais se orgulhava e outros que considerava ruins. Infelizmente, não falou muito sobre como foi o processo criativo dessas peças, como sugeria o título da palestra. Um das peças que me chamou a atenção foi o Nina 7 Pecados, já comentado anteriormente neste blog. É uma experimentação em hipermídia impressionante.

Publicidade online e a Nova Propaganda

Michel LentMichel Lent Schwartzmann fez uma comparação entre o mundo analógico de antigamente e o mundo digital de amanhã para avisar que a propaganda como conhecemos hoje precisa mudar diante das transformações que estão ocorrendo em nossa sociedade.

Hoje, temos muitas opções de entretenimento e informação. Com isso, o consumidor está mais crítico e exigente. Se antes podíamos atingir 90% dos consumidores brasileiros comprando espaço no Jornal Nacional, agora temos uma audiência muito mais pulverizada em diversos meios, especialmente as clases A e B. Isso torna especialmente difícil o trabalho do mídia na agência de propaganda, o profissional que escolhe para quais veículos direcionar a verba de um cliente.

Porém, Michel acredita que o poder aquisitivo não será impedimento para que as pessoas das classes menos abastadas terem essa mesma liberdade para assistir o que querem. "Se o produto for útil e bacana, todo mundo vai ter, assim com o celular. As operadoras tem interesse em baixar o preço dos aparelhos para ter uma base maior de consumidores", conclui Michel.

Direta, prática e elucidativa, foi a melhor palestra que assisti no evento. Mais sobre o assunto numa entrevista em áudio que fiz anteriormente com o Michel.

Projetando para a Internet: o design da experiência perfeita

Felipe MemóriaFelipe Memória contou que quando estava fazendo a faculdade de Desenho Industrial, um professor disse a ele que seu trabalho estava muito bonito, mas seria muito difícil para o usuário usar aquilo. Foi então que ele conheceu Jakob Nielsen, com suas guidelines e recomendações. Hoje, ele ainda considera importante conhecer as regras ditadas pelo Nielsen, não para segui-las, mas para entender porque elas foram enunciadas.

As recomendações de Nielsen ajudam a entender que é preciso considerar o usuário em cada decisão do projeto. "Quando o usuário não encontra algo no seu website ou aplicação, você deve agradecer a dica de onde melhorar o site e não xingá-lo de burro", defende Felipe. Ser amistoso com o usuário é na opinião de Felipe, o grande segredo da imagem do Google.

Pensar na usabilidade é tão importante que a Globo.com possui uma equipe especializada só para o Design de Interface, além da de Arquitetura da Informação e de Branding (Design Gráfico). O time de criação da Globo.com é um exemplo de que profissionais de várias disciplinas podem juntos criar produtos muito melhores do que se fossem todos de uma mesma área.

Mostrou alguns cases mostrando o processo de criação dentro da Globo.com e testes de usabilidade e concluiu a palestra avisando que só usabilidade não é suficiente para proporcionar uma boa experiência ao usuário. Mais importante do que o conteúdo na Web é a socialização entre as pessoas que se conectam por meio dela. O Orkut não oferece conteúdo nenhum, nem tampouco tem boa usabilidade, mas mesmo assim é um sucesso. O mesmo para o Hattrick, a paixão da vida do palestrante. "Só podemos ter uma experiência fluida, aquela em que nada consegue nos interromper, se algo nos faz sentir feliz e, para isso acontecer, é preciso uma combinação perfeita de fatores", explica Felipe.

A palestra foi bastante extensa e mostrou ao público não só como usabilidade era importante, mas também como isso podia ser feito na prática.

O fim da web, a convergência de mídias e o fetiche de informação

Luli RadfahrerInfelizmente, não pude prestar muita atenção na palestra de Luli Radfahrer devido ao cansaço da viagem (passei a madrugada no ônibus), mas deu pra perceber que ele analisou a mudança no comportamento do usuário/telespectador/consumidor em tempos de comunicação interativa. Para ele, estaríamos incentivando o usuário a ficar cada vez mais mimado, só dando aquilo que ele gosta de receber. Na opinião dele, isso é ruim porque o usuário se torna alienado e consome apenas aquilo que gosta, perdendo oportunidades de conhecer o novo, aprender novas idéias. Se queremos oferecer experiências realmente ricas, precisamos criar situações desafiadoras.

Luli já é conhecido pelo seu estilo teatral de dar palestras, mas dessa vez pra mim parece que ele exagerou. Fazia piadas e encenações com tanta frequência que ficava difícil de acompanhar o assunto sério que ele estava tratando. Mesmo assim, foi uma das melhores palestras do evento, apresentando um assunto muito pouco discutido.


Dicas

Siga-me no Twitter, Facebook, LinkedIn ou iTunes.

Autor

Frederick van Amstel - Quem? / Contato - 24/10/2005

Palavras-chave

intercon    congresso    

Opções



Comentários

Discussão
Felipe Uchôa
25/10/05 às 00:07

Fala Frederick! Bem legais suas notas ali sobre o evento. Fui e assisti as mesmas palestras que vc! hehe... E concordo com o que disse, só não tanto na do Radfahrer, acho que ele abordou mto + coisas como o fim da web em si, não da internet e serviços como o P2P, Email, etc... Tocou mto no assunto da simplicidade e conveniência... entre outros. Essa palestra me deu raiva... o cara dstruiu mtos dos conceitos vistos em palestras anteriores e o pior (ou melhor! rs) é que ele me deixava sempre sem argumentos, impossível contra-argumentar com o "Loole"

Mas é isso aí, gostei pra caramba do evento!

Flws, abraço!


Discussão
Leandro Vieira Pinho
25/10/05 às 05:27

Realmente o evento foi muito bacana. Compensou as 16 horas de viagem.

Assistir as palestras descritas acimas, e elas foi importante para os profissionais ali presentes acredito eu, por tratarem de assuntos que hoje estão em nosso cotidiano.

Agora é aguardar o próximo. Até mais.



Discussão
Alessandro Novaes
25/10/05 às 08:47

Eu fui no evento e gostei do que vi;
palestrantes com temas muito bons e de qualidade;
Eu gostei muito da palestra sobre web standards do Prof. Everaldo Bechara. Ele deu uma dica muto rica.... desenvolver sites 100% acessiveis e ganhar dinheiro com isso desenvolvendo sites para orgãos do governo, sendo que existe uma lei para tal e quase não tem sites do governo ajustados para isso. (ta ai a deixa para seguir para esse mercado...)

E concordo com Frederick, todos estavam bem atentos, quase sem piscar prestando atenção nos palestrantes...

Parabéns IMASTERS


Discussão
Victor Oliveira
25/10/05 às 10:18

Opa. bacana essa cobertura do intercom, por falta de grana tive que deixar de ir, uma pena mesmo! Quem sabe da próxima hehe.
Você falou desse Luli Radfahrer que é cheio de piadas e malabares, pelas poses dele em fotos achei que o cara fosse assim mesmo uahuahau bem poser ele.

Ai fred caprichou na cobertura hein, fico bacana pacas, parabéns.
Até o Mozart foi entrevistado uheuheuehue.

Abraço


Discussão
Paty Zisman
25/10/05 às 11:35

Oiê! Também fiquei feliz com o evento e assisti às mesmas palestras. A primeira foi decepicionante e fiquei preocupada com o resto do evento. Aí pensei: Menória, Luli, Lent..com certeza vai ser bom! :)

Sobre o Luli, ele é ótimo no palco e acho que o riso é uma boa maneira de fixar a informação. Num clima de piadas, ele falou de assuntos importantes. Por outro lado, não foi a primeira palestra dele que assisti e sempre parece que ele usa alguns termos fortes mais para atrair a atenção. Por exemplo, o tema "Fetiche" utilizado no Intercon.

Ainda não ouvi os podcasts. Me lembro de ter sido gravada conversando com o Michel Lent. ehehe
[]'s


Discussão
Bruno Dulcetti
25/10/05 às 13:44

Falae rapaz. O evento foi de grande qualidade. Achei a palestra do Luli a melhor, pois não consegui assitir a do Memória por inteiro, pois estava completamente lotada.

Manero o POD... Show de bola...

Apesar de alguns atrasos, erros no evento, valew muito a experiência, conhecido o pessoal, etc...

Grande abraço.


Discussão
Orlan Romano
25/10/05 às 15:34

Gostei da sua abordagem sobre o evento, citou pontos interessantes... no geral eu gostei muit, tirando os problemas de infra-estrutura...
Além das palestras, fomos enriquecidos com dezenas de contatos que pudemos fazer por lá...

E por sinal... não lhe vi por lá...
Abraços


Discussão
capixaba
25/10/05 às 19:21

Cara, muito Legal o jeito que você amarrou tudo no podcast, meus parabéns mesmo! Mas JESUS AMADO, não tente ficar falando igual jornalista de jornal televisivo, cara, é horrível! Fiz um custo pra chegar até o final, chega a ser cômico.


Discussão
Fred
25/10/05 às 23:21

No caso de uma reportagem como essa, vou seguir o que aprendi nos exercícios de faculdade.

Preciso fazer uma entonação diferente para diferenciar a voz da locução das entrevistas. Isso também ajuda a tornar a narração menos chata. Compare esse podcast com os outros em que gravei apenas pensamentos jogados.

Meu estilo de narração é um pouco exagerado, confesso, mas a idéia é torná-la inconfundível um dia, como era a de Paulo Francis. Ainda tenho bem pouca experiência com rádio-jornalismo então, como sempre, alguns vão gostar, outros odiar... já estou acostumado.


Discussão
André Bittencourt
25/10/05 às 23:41

Fiquei muito feliz de poder ter prestegiado esse evento, o Imasters está de parabéns em todos os sentidos.
Claro que ouve alguns erros mas em um evento desse porte não é mas do que normal que aconteça isso.
Todas as palestras que eu assisti foram excelentes a não ser a do Max pelo jeito que ele apresento e comento sobre seus trabalhos.
Mas o resto do evento compenso de mais !
Parabéns mais uma vez a todos do Imasters e a quem esteve presente nesse grande evento que com certeza vai ficar marcado por muito tempo !

Abraços
André Bittencourt


Discussão
Victor Oliveira
26/10/05 às 11:10

É isso ai fred, a voz tem que marcar bem na narração de algum fato, é uma identidade já que não podemos ve-lo falando ueheuheue
tipo o Galvão Bueno rrrrrrrrrooonaaaldo, rrrrrrrobiinho... kkk Usabilidoido do do do do

Ta bom parei, to cheio da graça hoje =/


Discussão
Marco Gomes
26/10/05 às 11:30

A narração ficou realmente interessante... Parece um negócio meio "estou gravando no PC, mas é pra parecer que estou em uma rádio profissional".

Na minha opinião a narração não prejudica em nada o podcast.


Discussão
Monthiel
26/10/05 às 23:14

Gostei muito de todas as palestras, o evento como todos já comentaram teve alguns erros, mas nada que impedisse que o evento fosse maravilhoso. O Imasters esta de parabéns, show de bola...


Discussão
Alexandre Cordeiro
28/10/05 às 18:31

Cara parabens pela materia e a excelente cobertura da InterCon 2005 e o MP3, !!!

Agora... cá pra nós este azul celeste azul cor de mantega do usabilidoido, Eu gostava do layout antigo, criar uma opção para aquele design antigo - cara !!

Abraços!!!!


Discussão
Leandro Amano
17/11/05 às 15:37

Muito legal Fred, parabéns! Depois de tanto tempo só agora tive tempo de entrar no sue blog =D

Grande abraço


Discussão
Leandro Amano
17/11/05 às 15:39

E ainda digito tudo errado... hahaha
Mals...




Comente.






(aguarde que é demorado mesmo...)

Pegue um fruto.


Você merece.

Assine nosso conteúdo e receba novidades sem sair de casa!

Atualizado com o Movable Type.

Alguns direitos reservados por Frederick van Amstel.

Apresentação do autor | Consultoria | Portifólio | Política de Privacidade | Contato