Usabilidoido: Menu Principal

English Website


Congresso e Encontro no Rio

Eventos como esses permitem fazer contatos profissionais e expandir os horizontes do conhecimento.

Participantes do Congresso USIHC em 2004

O mês de maio terá três eventos importantes para designers de interfaces Web no Rio de Janeiro: os dois congressos de Ergonomia e Usabilidade na PUC e o Encontro de Webdesign, na UERJ.

Já fiz minha inscrição nos congressos da PUC que vão de 31 de maio a 3 de junho. Gostaria muito de encontrar meus leitores por lá ;) Quem for, me manda um email avisando. A inscrição de estudante custa R$130 até dia 30 (sábado).

Dentre os artigos e posters que serão apresentados, estou particularmente interessados em:

  • Analisando o desempenho das lojas on-line: sua influência sobre o poder de decisão e de compra dos usuários
  • Aplicação da técnica Card Sorting no site de uma instituição de ensino: um estudo de caso
  • Comunalidades e diferenças entre a orientação em ambientes reais e ambientes virtuais e suas implicações para o design de sistemas de navegação em hipertextos
  • Design de Interação e Cotidiano
  • O desenvolvimento do Macintosh na história da interação humano-computador (IHC)
  • Arquitetura da Informação: Abordagens, Técnicas e seu Papel na Nova Economia

Como podem ver, serão tratados assuntos avançados nesses congressos. Quem não tiver uma boa noção da teoria de design de interface, pode ficar boiando.

Para os novatos é melhor ir ao Encontro de Webdesign, promovido pela Arteccom. Estive presente na sua sétima edição, há dois anos. Na época, as palestras foram bem superficiais, algumas até sem consistência. Registrei tudo na cobertura escrita pro FlashMasters.

Pra mim valeu muito a pena ir ao evento. Foi lá que conheci o Vicente Tardin do Webinsider e fui incentivado a escrever meu primeiro artigo lá. Escrevi tantos artigos que senti a necessidade de lançar este blog.

O Encontro é bom para ter um panorama geral do mercado e fazer contatos. Meu amigo Bechara foi convidado a palestrar sobre Webstandards e garanto que pelo menos a palestra dele será de qualidade.


Dicas

Siga-me no Twitter, Facebook, LinkedIn ou iTunes.

Autor

Frederick van Amstel - Quem? / Contato - 26/04/2005

Palavras-chave

congresso    encontro    acadêmica    academia    pesquisa    

Opções



Comentários

Discussão
Wanderson Andrade
28/04/05 às 10:44

Eu também estou muito interessado em participar desse congresso, aliás, motivos de ausência serão somente por culpa de meu chefe..rs..(deixo aproveitar esse espaço, afinal, ele também é leitor desse blog, quem sabe fica comovido com meu pedido).
Como você disse Fred, uma ótima oportunidade de fazermos contato e conhecermos alguns “cabeças” da área.
A cada vez que leio esse seu Blog, mais vontade eu tenho de criar um pra mim também. Mas vou ter que esperar um pouco, mergulhei em estudar ASP.Net com integração com componentes do Flash para o desenvolvimento de Front-End. Estou preparando algumas matérias sobre isso também, já já vou procurar alguém que queira fazer a caridade e esteja a fim de publicá-las.
Com respeito ao congresso, estou interessado também em participar do ERGODESIGN também. Embora os assuntos sejam relacionados mais ao design de produtos, algumas palestras chamaram bastante a atenção:

• Palestra: "Como Integrar os conhecimentos de Ergonomia no Design de produtos e processos?" - Professor Jan Dul, Erasmus University Rotterdam - Holanda
• Métodos para a mensuração de emoções no design.
• Ergonomia e usabilidade. Um enfoque heurístico sobre manuais de instrução de dois produtos domésticos.
• Palestra: "Breve história da ergonomia brasileira: da introdução da ergonomia no Brasil à produção, formação e certificação de ergonomistas - Prof. Marcelo Soares, UFPE
• Antropometria infantil e as novas ferramentas computacionais para o dimensionamento da interface tecnológica: uma revisão.
• Ensino de ergodesign: técnicas de projeto integrado centrado no usuário.

Gostaria de saber mais sobre esse lance de formação e certificação de ergonomistas. Como aqui na empresa, todo o desenvolvimento dos softwares precisam possuir manuais, quero também dar uma zapiada na palestra sobre manuais de instrução.

Com respeito ao USIHC, creio que vai ser muito bom. Além das palestras que o Fred anunciou, vão algumas que eu também vou dar uma atenção especial:

• A Ênfase em Usabilidade no Curso de Pós-graduação em Design de Interfaces.
• A Importância da Usabilidade de Interfaces para a Qualidade do Aprendizado Mediado pelo Computador.
• Avaliação da aprendizagem com software educativo no projeto interativo.
• Avaliação da usabilidade da interface gráfica do aplicativo CAD Solidworks, através de uma ferramenta prospectiva.
• Avaliação de Software Educacional para Ensino de Matemática.
• Avaliação de um Aplicativo Computacional por meio de Teste de Usabilidade, Questionário Ergonômico e Análise Gráfica do Design.
• Desenvolvimento de capacidade em Engenharia de usabilidade em uma empresa de software brasileira de grande porte.
• Design de soluções ubíquas educacionais baseado em modelo sócio-cultural e cenários.
• O Bibliotecário sumiu! Recursos de Orientação ao Usuário em Websites de Consulta On-line a Bibliotecas Universitárias Federais Brasileiras.
• Os efeitos da diferenciação cromática na usabilidade de mapas globais de navegação em hipertextos.
• Utilização de terminais de auto-atendimento eletrônico bancário pela população envelhecida da cidade de Londrina.
• Arquitetura da Informação: Abordagens, Técnicas e seu Papel na Nova Economia
Algo que reparei, foi o grande enfoque que os artigos estão dando ao design voltado para o desenvolvimento de sites, softwares e sistemas educacionais. Por um lado, isso é bom para mim e para a empresa, pois estamos justamente agora desenvolvendo um sistema que, digamos, não é necessariamente para ensino, mas sim para aplicações de testes e provas. Por outro lado, também noto que o mercado está tendendo, se já não o fez muito antes, para os chamados “ensino a distância”. Antes com menos força ou menor entendimento do que realmente é o e-learning, haja vista que a relevância à aplicação de metodologias de ergonomia e usabilidade para esses aplicativos era e em alguns casos, ainda é de somenos importância. Isso fez com que o e-learning se tornasse menos atrativo, aliás, por natureza, já não gostamos de ficar sentados, estudando sobre os tais teoremas de Pitágoras, Análise Cíclica Morfológica e muito menos de ter que decorar aquelas inúmeras fórmulas de Física e Química.
Creio que principalmente, o estudo do uso de elementos que incentivem ou que estimulem a emoção em quererem usar uma aplicação e-learning, como uso de mídias interativas, sons e ambientes multi-usuários, como exemplo o “Chat” deverão ser os pontos chaves que muitos palestrantes irão abordar. Bom, pelo menos, espero que seja. Um estudo sobre a ergonomia de serviços prestados da maneira convencional, como no caso, as escolas físicas e os meios empregados para incentivar o estudo, comparecimento e interação do aluno poderiam ser alistados em alguma palestra do ERGODESIGN, afinal, se a moda agora é criar escolas, faculdades e utilizando da Net, o e-learning, nada melhor do que também concentrar os esforços na propagação metódica do conhecimento.
:O)
Até o 5º USIHC/ERGODESIGN


Discussão
eleazar henriquedos anjos milila
24/02/06 às 14:50

quero receber informativos porque eu como técnico de segurança do trabalho acho que a ergonomia e fundamental oara que haja uma boa qualidade de vida dentro dos ambientes de trabalhos da empresa.




Comente.






(aguarde que é demorado mesmo...)

Pegue um fruto.


Você merece.

Assine nosso conteúdo e receba novidades sem sair de casa!

Atualizado com o Movable Type.

Alguns direitos reservados por Frederick van Amstel.

Apresentação do autor | Consultoria | Portifólio | Política de Privacidade | Contato