Usabilidoido: Menu Principal

English Website


Semiótica aplicada à infografia

A Semiótica ajuda a entender a construção do significado.

Infográfico por Renata Chabetai / Revista Época

Estava dando uma passada pelos corredores de pôsters do 7° P&D Design acompanhado de José Pirauá e um pôster nos chamou muito a atenção pela pequena quantidade de textos e minimalismo. Ficamos encafifados e voltamos ao pôster mais tarde para conversar com a autora Carolina Calomeno.

Uma proposta de análise de infográficos da guerra do iraque [PDF] 256 kb

A explicação de Carolina sobre o pôster foi muito interessante. Ela mostrou como a aplicação das categorias de análise semióticas servem para entender a construção do significado superficial do infográfico (os elementos visuais que o compôem e suas interrelações). Entretanto, fomos além desse trabalho e discutimos um tópico espinhoso: o viés político do infográfico em questão, no caso sobre a invasão do Iraque; adivinha quem estava sendo favorecido?

Semiótica aplicada à infografia [MP3] 15 minutos 2 Mb

O infográfico em questão é de autoria de Renata Chabetai e foi publicado na Revista Época.


Dicas

Siga-me no Twitter, Facebook, LinkedIn ou iTunes.

Autor

Frederick van Amstel - Quem? / Contato - 14/08/2006

Palavras-chave

infografia    semiótica    sintaxe    visual    ideologia    

Opções



Comentários

Discussão
Renata Chabetai
16/06/07 às 22:11

Olá!
Meu nome é Renata Chabetai. Sou autora da infografia (Iraque) anexada nesse blog. Ele foi realizado para a revista Época em 2003.
Procurei meu crédito e não achei. Trata-se de trabalho autoral. Vocês trabalham com comunicação, acredito que esqueceram desse detalhe. Portanto peço que publique crédito, Infográfico: Renata Chabetai / Revista Época.

Atenciosamente,
Renata Chabetai.


Discussão
silvaihelenasoares
19/11/09 às 10:08

Gostaria de obter o texto "semiótica aplicada a infografia".
Adorei o blog . Trabalho com semiótica aplicada ao design e desenvolvo gradualmente um mapa de exemplos visuais com produtos, campanhas publicitárias em mídias variadas buscando sempre aproximar a audiência da ciência dos signos, sem que a mesma seja vista somente como teoria afastada dos processos de desenvolvimento projetual e criativo.




Comente.






(aguarde que é demorado mesmo...)


Você merece.

Assine nosso conteúdo e receba novidades sem sair de casa!

Atualizado com o Movable Type.

Alguns direitos reservados por Frederick van Amstel.

Apresentação do autor | Consultoria | Portifólio | Política de Privacidade | Contato