Usabilidoido: Menu Principal

English Website


Cegueira de banner

Cansados de ver propagandas que não interessam e só irritam, os internautas passam a ignorar indiscriminadamente a área onde estão os banners. Não sou eu quem estou dizendo, são várias pesquisas científicas. Uns dizem que a causa é a acomodação por estímulo repetitivo (é como se acostumar com o barulho da obra ao lado), outros atribuem às más experiências prévias (banners inúteis e mentirosos) e outros à expectativa do usuário ao entrar no website (se entro numa página atrás de links, não vou ver banners). Eu acredito na soma dos fatores.

Pergunte aos seus amigos que não sabem que você faz banners para viver se eles costumam ver os banners na Internet. "Ah sim, claro", responderão. Pergunte o que eles viram anunciado. "Enlarge your penis" e outras sacanagens, talvez. Se clicaram qualquer que fosse, fazem parte de menos de 1% dos seus amigos. Note que essa é uma taxa de cliques comemorada pelas agências de publicidade online, hoje em dia. Antigamente, era 2% e mais antigamente ainda, era 7%.

Apesar da taxa de clique não ser a métrica de sucesso mais adequada para os banners, 1% de recall é ridículo para uma mídia que oferece tanto controle ao anunciante.

Apesar do banner ser uma propaganda menos intrusiva do que as praticadas em outras mídias, o usuário não perdoa. O meio impele uma posição mais crítica, por causa da interatividade e pretensa ilusão de cotrole. Cada banner vai limando a paciência do usuário, pouco a pouco. Eles incomodam quando:

  • não tem relação com o conteúdo da página,
  • anunciam coisas que não interessam
  • se colocam no meio do caminho da leitura ou navegação
  • são feios
  • são coloridos demais
  • piscam irritantemente
  • enganam o usuário se fazendo passar por uma janela de sistema operacional

Algumas pessoas tem maior reserva de paciência, outras nem tanto. Mais dia, menos dia, passam a ignorar banners e tudo o que se parecer com eles. Economiza tempo, economiza atenção, economiza saúde. Apesar de rotineira, a tarefa de separar o joio do trigo no mar de informações é cansativa.

Convenhamos, o banner é fácil de ignorar. Está sempre no mesmo lugar, pisca, tem cores fortes. Pode até ficar gritando enquanto se lê um texto, mas ninguém dá o braço a torcer fácil assim.

No caminho do trabalho para o almoço, sempre passo por uma esquina onde spammers-de-rua tentam me vender cursos de informática. "Bom dia, moço. Posso falar com você um minutinho?", com aquela voz bem fina. No começo, respondia com educação: "Desculpe, estou com pressa". Depois era "Estou com pressa". Agora eu digo "Não". Banner não é pessoa, posso ignorar sem nenhum remorso.

Solução para os anunciantes? Google Adwords é um exemplo bem sucedido. O segredo é falar o que o usuário quer ouvir, com o máximo de precisão possível. Isso é aproveitar o que a Internet tem de diferencial com outras mídias. Isso é verdadeira interatividade.


Dicas

Siga-me no Twitter ou no Facebook ou no LinkedIn.

Autor

Frederick van Amstel - Quem? / Contato - 12/07/2004

Palavras-chave

baner    banner    blindness    cegueira    propaganda    publicidade    recordações    

Opções



Comentários

Discussão
Janio
12/07/04 às 18:26

Pois é... Na condição de usuário (graças a Deus os sites que desenvolvo são para intranets ou extranets, portanto estou livre do "circuito da publicidade online"), eu não tomo o menor conhecimento de banners nos sites por que navego. Desde que instalei a extensão Adblock no Firefox, 99% das páginas que eu visualizo automaticamente vêm isentas de banners ou outras formas intrusivas de publicidade. Corroborando o que você diz, os anúncios de texto do Google não incomodam, de certa forma são até úteis, e estes não estão bloqueados pelo Adblock.


Discussão
eu
17/07/04 às 19:50

Se banner já são um pé no saco, pior as malditas pop-ups e spams, que não pedimos, mas são enviadas sem dó...
Mas as vezes um bannerzinho ajuda...


Discussão
Fabrício
21/07/04 às 05:29

Quer dizer então que investir em banners como meio de publicidade já não é negócio?
Como fazer para ter uma boa publicidade na internet?


Discussão
Lincoln Schultz
21/07/04 às 14:24

Existem várias maneiras de fazer publicidade na Internet. Banner é apenas um deles!


Discussão
Fred
21/07/04 às 19:37

Vejo no marketing em buscadores o melhor nicho da publicidade online hoje. O lance é fazer propaganda para quem já está interessado no assunto.

Visualizem: o cara digita "roupa masculina" no Google e dá de cara com o link para uma loja de vendas de ternos. Isso pode ser obtido através de links patrocinados ou mediante um website apetitoso para o robô do Google, que o joga pra cima na listagem.

Aliás, é justamente isso que estou fazendo agora: tentando convencer um cliente dessa ramo a investir em otimização para buscadores.


Discussão
Lincoln Schultz
21/07/04 às 19:47

Acho que está aí a grande sacada do departamento de Mkt do Google!

Mas a idéia é mais ou menos essa. Satisfazer o cliente, de acordo com as suas necessidades e interesses.


Discussão
sanson
22/07/04 às 05:15

sabe aonde que banner funciona? na cabeça do cliente! só ali!


Discussão
Fãbio
28/07/04 às 23:35

Aproveitando a oportunidade, venho a oferecer um curso gratuito de "Construção de Banners", pelo professor Internético!

Hahahahahaahahaha seus canalhas... viva os Banners !... vcs "são" banners ambulantes !!!


Discussão
William
29/07/04 às 08:53

Caras Google veio pra domina, estou testando no FlashMasters a publicidade desde e a publicidade de banners, em quanto 0,5 das pessoas clicam nos banners 2,5 das pessoas clicam nos anuncios deles que não parecem banner, o fato é, ninguem vê banners mesmo hehehe :D


Discussão
Bogs
02/08/04 às 14:29

Pocha manu! Adorei a campanha anti-baner promovida pelo teu site... estava pensando em fazer algo parecindo quando - bum - dei de cara com alguém que tinha feito alguma coisa antes... tava pensanu em colocar um baner diferente no meu site... algo que fosse, ao mesmo tempo, publicidade de coisas legais (ligadas a arte), ou mesmo, uma série de caricaturas de baners charopes...
... não pude deixar de notar a importância de citar o seu pioneiro trabalho... se quiser que eu coloque um baner no meu site, é só mandar.

Paradoxo: achei teu site pq resolví clicar no baner simpático que tava lá no flashmaster!

Um abraço.


Discussão
AbAdDoN
05/08/04 às 18:46

eu também descobri no flashmasters. Fazia tempo que eu não "via" um banner. hehehehe


Discussão
Ethy™
10/08/04 às 15:08

Detalhe... a maioria chegou ate aki pelo o mesmo! ;-)


Discussão
Guilherme
13/08/04 às 16:38

Eu tb entrei pelo Flashmasters, haja tempo e paciência para ler tudo(tempo pq estou no trampo, hehehe), desde o texto até todos os posts, mas ler tudo realmente vale a pena! :-)


Discussão
SnowßG
20/08/04 às 10:44

É... ESSE SEU BANNER FOI CAMPEÃO. DEVERIA GANHAR PRÊMIO!!!


Discussão
Rodrigo
26/05/05 às 18:05

Pois é ...

Seguindo o exemplo do colega Fabrício, desde que uso o Firefox + adBlock nem tomo mais conhecimentos de Banners!

Piores ainda aquelas coisas toscas em Flash que ficam ocupando a minha tela quando quero simplesmente ler alguma notícia :/


Discussão
Leandro
09/12/05 às 00:04

Não entendi. Uma das sugestões seguindo o texto acima é:
"... se colocam no meio do caminho da leitura ou navegação ..."

Pois é exatamente isso que acontece com esse site. No meio do texto , surge do nada , Anúncios Google.

Francamente.


Discussão
Fred
09/12/05 às 10:49

Mas o anúncio textual não atrapalha tanto quanto um banner porque ele não chama tanto a atenção. O que quiz dizer é que o banner no meio do texto provoca uma mudança drástica na forma como interpretamos a página. Do modo textual, passamos ao modo imagético.


Discussão
Luis Damian Chaves
06/05/06 às 08:42

Estimado Cegueira de banner: Solicito-lhes que me enviem suas tarifas publicitarias.
Nosotros buscamos um sítio web onde nos coloque um banner 728 x 90 ou uma janela pop.
Precisamos saber as tarifas por clic, não por impressões, se trabalham publicidade por paises e seu custo, trafico mensal do sitio e forma de pago.
Nossa área de atuação está centralizada dentro do Network Marketing, Programas de Filiados, Marketing em Redes ou oportunidades de negócio.
Basicamente trabalhamos com nossos provedores de publicidade com banners 728 x 90 ou janelas pop.
Não sei se estes formatos se adaptam a seu sítio web.
Agradecer-lhes-ia se pudessem respondernos o antes possivel.
Sem mais, agradecemos antecipadamente.

Luis Damian Chaves
Centro de Recursos
DHispana.com


Discussão
Rafael Kuvasney
07/12/06 às 13:19

Quando vi o anúncio de texto no meio do post, quase parei de ler, achando que já havia acabado. As vezes pode ser perigoso mesmo. mas não leve como crítica, e sim como sugestão, ok?

Acho que os próprios designers que trabalham com o desenvolvimento de banners e os publicitários que gerenciam os grandes portais estão acabando com a Internet. Criando campanhas cada vez mais mentirosas e invasivas, o usuário com um conhecimento mínimo passa a ignorar mesmo qualquer tipo de publicidade.

Mas ainda existe solução, o problema é que temos o péssimo costume de pensar somente no agora e acabamos com todas as reservas para o amanhã. Logo, a publicidade online será vista como mentirosa e terá que ser repensada.


Discussão
leandro
28/03/09 às 05:10

sei que o post é antigo, mas quero deixar meu comentario...

vc diz:
1) não tem relação com o conteúdo da página
2) anunciam coisas que não interessam

no intervalo da novela, alguma propaganda é relacionado ao tema da novela?

produto pra alisar cabelo nao me interessa, mas interessa às mulheres, sao publicos muito distintos acessando a publicidade(tv ou web)


"os internautas passam a ignorar indiscriminadamente a área onde estão os banners"
no uol, eu nem olho pra coluna da direita, no g1 nao ha uma coluna apenas pra publicidade

da forma que abordou o tema, da a impressao de que os usuarios ignoram qq imagem pois a relacionam com banner, o que nao é verdade


Discussão
tiago
19/07/09 às 17:21

sua opnião é muito generalizada.

um dos maiores objetivos do é o reconhecimento da marca(atravé da imagem), talvez seja esse o maior objetivo e não o click que já é outro tipo de .
Oque existe são campanhas apelativas, sem qualidade, como aquelas que vc está num site de musica e tem um "aumente seu pênis", se vc está num site de musica o mais recomendavel é por exemplo publicando algum show, venda de cd e coisas relaciondas.
Sites como portais(uol, globo, ig,terra e etc) e motores de buscas(buscapé, yahoo e etc) são sites generalistas em conteudo e interesse dos internautas, portanto, cabem neles s variados, ( menos os vulgares) venda disso ou daquilo, propaganda de lojas, propaganda de outras sites e etc. Nesses casos o uso de s é valido


Discussão
Heitor
24/07/09 às 12:51

Leandro, vc diz "no intervalo da novela, alguma propaganda é relacionado ao tema da novela?". De fato, não há relação (até mesmo porque não há interação, então a televisão não tem como saber quem está assistindo para exibir uma propaganda útil). E é justamente por isso que esse tipo de propaganda está morrendo na minha opinião, pelo menos para as novas gerações. Se um vídeo atrela sucesso, status e poder a um produto, isso não me atinge; compro aquilo de que preciso (ou tento); ignoro os comerciais de TV (mudo de canal, como todo mundo); aliás, nem assisto TV, não tenho paciência, prefiro ler jornal de papel ou digital ou assistir youtube pois seleciono aquilo que quero ler / ver, na hora que quero.
Percebe que para mim (e muita gente deve ser como eu), esse tipo de publicidade antigo já está morto e o que vive são os anúncios relacionados ao e-mail que estou escrevendo?




Comente.






(aguarde que é demorado mesmo...)


Você merece.

Assine nosso conteúdo e receba novidades sem sair de casa!

Atualizado com o Movable Type.

Alguns direitos reservados por Frederick van Amstel.

Apresentação do autor | Consultoria | Portifólio | Política de Privacidade | Contato