Usabilidoido: Menu Principal

English Website


Superando a concorrência

Quase sempre, nossos clientes querem somente igualar a concorrência. Se for melhor tudo bem, mas não pode ser diferente demais. O Evandro Temperini (que tá sempre comentando por aqui) escreveu um artigo inspirado de como lidar com essa situação, que é super-comum em mercados marginais. Isso não é necessariamente ruim, se o atendimento souber lidar com a vaidade do cliente. Quem é que não quer se gabar de ter o melhor site do ramo?

Aqui na agência, sempre que fazemos uma proposta, começamos fazendo uma pequena pesquisa para ver o que se está fazendo por aí. Abro o Google e digito as palavras-chave do negócio. Raramente encontro bons trabalhos. Dou uma olhada se tem algo parecido nos vencedores do Ibest (na falta de uma referência melhor). Se não encontro nada nacional, parto pros exemplos gringos. CWD.dk e Nolimitmedia são minhas melhores referências no aspecto de design porque tem mais exemplos comerciais e menos portfólios experimentais (que não são muito úteis nessa fase). Claro, se eu já tiver passado por bom website do ramo, tenho um link guardadinho já para esse tipo de referência. Por isso galerias como CSS Vault estão sempre me deixando atualizado sobre o que de melhor se faz por aí.

Depois que fechar o negócio com o cliente, é bom perguntar se ele já viu websites dos seus concorrentes e dar uma olhada nas urls. Aí já dá pra especificar no briefing qual é o posicionamento do cliente com relação à concorrência, se quer que seja similar ou não. Se ele for do tipo empresário pra frente, vai ter uma boa lista de links que vão ajudar e muito o nosso trabalho.

Aliás, isso foi algo que eu esqueci de fazer no último job aqui da agência (e que eu citei no último post sobre briefing) e que acabou resultando em perda de tempo tentando adivinhar o que o cliente queria. Até escrevi um post no começo desse projeto, relatando minha dificuldade em conciliar um "design colorido que enchesse o olho e fosse ao mesmo tempo simples". Numa segunda reunião, descobrimos que o cliente não queria nada disso, ele queria apenas algo parecido com a concorrência.

Ok, saí dessa reunião com duas tarefas: simplificar aquele layout coloridão e criar correndo um splash "site em construção". Fiz o splash em uma hora, bem simples mesmo. Depois de mais alguns dias de trabalho, apresentei a versão simplificada daquele outro layout e me espantei com o cliente que disse que preferia aquele splash. Pois bem, refiz o site todo naquela linha (só funciona no IE) em dois dias. Se tivéssemos sacado isso no começo do job, teríamos economizado umas três semanas de trabalho, pelo menos.


Dicas

Siga-me no Twitter, Facebook, LinkedIn ou iTunes.

Autor

Frederick van Amstel - Quem? / Contato - 17/05/2004

Palavras-chave

projeto    briefing    cliente    mercado    

Opções



Comentários

Exatamente meu caro Fred.
A intenção do artigo era exatamente esta. Aprender a aproveitar as idéias dos clientes, lhe apresentando e filtrando o que lhe é interessante caso-a-caso. Aliás, quem nunca passou por isso? Acho que 90% dos casos são assim. Temos que estar preparados e saber agir de forma brilhante nesses casos, assim, dando a volta por cima e oferecendo para o cliente o melhor serviço possível.

Aliás... aproveitando... acho que o link que vc postou do site que desenvolveu não está funfando.

Tentei esse daqui: http://www.ibratec.com.br/ (como coloco link nesse teu blog?? uhauauh)

E testei em outros browsers e obtive os seguintes resultados:

• IE 6.0 SP2 = 100%

• AvantBrowser 9.02.026 (baseado no IE) = 100%

• Netscape 7.1 = Somente não funcionou o cabeçalho, onde se encontra o logotipo.

• Mozilla Firefox 0.8 = Somente não funcionou o cabeçalho, onde se encontra o logotipo.

Inclusive, parabéns tá muito rápido o site ;)
Dá pra sentir que foi muito bem produzido.

Mas esse "probleminha" creio eu, pode ser facilmente solucionado. Acho que seria legal perder uns 30 minutos em prol a compatibilidade total ;)

Um grande abraço Fred e obrigado pela citação.


Discussão
Fred
27/05/04 às 17:05

Vixi, Evandro... esse não é o site que eu to fazendo não. O domínio da empresa é http://www.ibratecbrasil.com.br . Por enquanto ele não está no ar mesmo. Mas não se preocupe, já está compatível com todos os principais browsers. Valeu pela força!




Comente.






(aguarde que é demorado mesmo...)


Você merece.

Assine nosso conteúdo e receba novidades sem sair de casa!

Atualizado com o Movable Type.

Alguns direitos reservados por Frederick van Amstel.

Apresentação do autor | Consultoria | Portifólio | Política de Privacidade | Contato