Usabilidoido: Menu Principal

English Website


Macro e micro design

Toda peça com certeza é composta tanto de nuances gerais como de detalhes minuciosos. Porém, cada designer tem uma quedinha para um dos lados. Quem curte mais o geral da peça, acaba se tornando um bom diretor de arte. Porém, se não entender que o produto final é o conjunto desses detalhes, tá frito. Melhor trabalhar em conjunto com alguém que tenha paciência de ficar horas mechendo numa região minúscula do layout para que fique perfeita. Esse é o trabalho preferido dos pixel-artists, perfeccionistas por excelência, OU NÃO.

Compare o portfólio pessoal de Greg Washington com o blog de Kevin Davis. Note como um dá mais ênfase à uma idéia central e o outro se atém aos detalhes de cada borda, de cada campo de entrada de texto, botões e etc. Os detalhes dos olhos que se mexem e o embaçado do bafo de Greg demonstram que não houve um trabalho menos meticuloso no primeiro, mas a foto de fundo rouba a cena. No Alazanto, fica claro que o que chama a atenção são os rococós.

Eu costumava ser perfeccionista quando criança. Mas de tanto errar tentando copiar os desenhos das HQs, amassar as folhas e gritar de raiva, mudei de postura. Hoje sou completamente desleixado, a começar pelo design deste blog que pretendo melhorar em breve. Nas aulas que estou tendo no curso de Design, só estou levando pito da professora pelo meu descaso com a apresentação dos trabalho. Vejo a cura para minha falta de paciência no minalismo e simplicidade de Mondrian. Veremos no que vai dar.


Dicas

Siga-me no Twitter, Facebook, LinkedIn ou iTunes.

Autor

Frederick van Amstel - Quem? / Contato - 14/05/2004

Palavras-chave

design    direção    fonte    

Opções



Comentários

Discussão
Lincoln Schultz
14/05/04 às 03:09

Design - Designer é algo complicado. Na realidade indiscritível.

Tudo depende do nível cultural da pessoa, do momento emocional, etc, etc.

Seremos (designers) seres de outro mundo????

ddd:


Discussão
Fabiano Cruz
15/05/04 às 09:01

Parabéns pelo post e exemplos citados, mas um ponto a se colocar em questão também é o prazo de produção de websites.

Mas acredito que por mais perfeccionista que o profissional seja, dependendo do tempo estipulado para sua produção, acho que o micro acaba não sendo muito levado em questão quando o objetivo é conseguir alcançar o macro primeiro.

Todavia é uma opinião pessoal que não invalida em nada que escreveu. Boa sorte no Curso que anda levando pito. :P Paciência é algo que tive que aprender meio..."na marra". :))




Comente.






(aguarde que é demorado mesmo...)


Você merece.

Assine nosso conteúdo e receba novidades sem sair de casa!

Atualizado com o Movable Type.

Alguns direitos reservados por Frederick van Amstel.

Apresentação do autor | Consultoria | Portifólio | Política de Privacidade | Contato