Usabilidoido: Menu Principal

English Website


Ficções de Design: um novo gênero literário?

O Design pode ter a mesma densidade cultural de um filme?

O sonho encantado do Experience Design da Disney

Cenários de interação, storyboards, fluxo de tarefas, vídeo-conceito são alguns dos formatos frequentemente utilizados no Design de Interação para documentar novos produtos, explorando o imaginário como justificativa de produção. Será que tais documentos estão criando um novo gênero ficcional?

Slides

Ficções de Design: um novo gênero literário from Frederick van Amstel

Vídeo

Vídeo gravado na UTFPR.

Ficções de Design: um novo gênero literário? from CADUT on Vimeo.

Gravações

Palestra dada na Semana Singura da Unibrasil 2010, DesignDay 2010 da Universidade Tuiuti do Paraná e no II DDX Faber-Ludens.

Ficções de Design: um novo gênero literário? [MOV] 250 MB [MP3] 61 MB - 1 hora e 7 minutos

Reportagem

Trecho de notícia publicada no website da Unibrasil sobre a palestra.

O co-fundador do Instituto Faber Ludens de Design Interativo, Frederick Von Amstel, ministrou a palestra Ficções do Design: Um novo gênero literário? nesta quinta-feira, 10, no segundo dia de atividades do evento. Ele falou sobre novas tendências da área, como a produção de ficções – quase sempre produtos audiovisuais – que se tornou comum nos últimos cinco anos.

Um exemplo de ficção de Design, conta Van Amstel, é o curta-metragem Radiance Resort, que mostra uma espécie de spa onde a radiação nuclear é usada como forma de tratamento de doenças. “O vídeo é a plataforma mais usada para veicular as ficções de design. Ao contrário das ficções científicas, que projetam um futuro muito distante, as ficções de design focam em algo mais próximo, neste caso o uso da energia nuclear”, explica.

E o design pode ter a mesma densidade cultural de um filme? Para Van Amstel, sim. “O Design tem a capacidade de gerar histórias, criar polêmicas, não apenas produtos. Se pensarmos em histórias, pensamos no futuro. E é daí que surgem as inovações”, afirma, citando o exemplo do Ipad, o aparelho eletrônico da Apple, como exemplo.


Dicas

Siga-me no Twitter, Facebook, LinkedIn ou iTunes.

Autor

Frederick van Amstel - Quem? / Contato - 23/04/2010

Palavras-chave

ficção    narrativa    experiência    

Opções



Comentários



Comente.






(aguarde que é demorado mesmo...)


Você merece.

Assine nosso conteúdo e receba novidades sem sair de casa!

Atualizado com o Movable Type.

Alguns direitos reservados por Frederick van Amstel.

Apresentação do autor | Consultoria | Portifólio | Política de Privacidade | Contato