Usabilidoido: Menu Principal

English Website


Design Emocional

Capa do livro Porque adoramos ou odiamos os objetos do dia-a-dia? O que o Design pode fazer para lidar com isso?

Este livro é uma resposta de Donald Norman às críticas ao Design do Dia-a-dia, que desconsidera a dimensão estética do uso. Norman concorda que faltava explorar esse aspecto, por isso escreve esse livro explicando como funciona a emoção na interação com produtos.

A primeira parte do livro é muito interessante. Vários exemplos são citados de produtos e serviços que fazem sucesso por explorarem as emoções de seus usuários: Disneylândia, o espremedor de laranjas de Starck, o MiniCooper. Norman explica que esses produtos nos afetam em três níveis: visceral, comportamental e reflexivo. Apesar de abordar a questão da emoção num esquema simples e estímulo e resposta, desconsiderando as contradições subjetivas e o inconsciente, as observações de Norman são bem relevantes ao Design, por explicar algo que normalmente é tratado com base no achismo.

A segunda parte do livro é frustrante, entretanto. Ao invés de prosseguir em orientar o Design a lidar com o aspecto emocional dos produtos, Norman se preocupa em discutir se é possível embutir emoções dentro de produtos, mais especificamente robôs. Nesse momento fica claro que a visão do que é emoção para Norman é bastante limitada, podendo ser traduzida num comportamento pré-definido biologicamente ou computacionalmente.


(cerca de R$45)


(cerca de R$45)


Dicas

Siga-me no Twitter, Facebook, LinkedIn ou iTunes.

Autor

Frederick van Amstel - Quem? / Contato - 21/02/2009

Palavras-chave

emoção    design    psicologia    cognitiva    

Opções



Comentários



Comente.






(aguarde que é demorado mesmo...)


Você merece.

Assine nosso conteúdo e receba novidades sem sair de casa!

Atualizado com o Movable Type.

Alguns direitos reservados por Frederick van Amstel.

Apresentação do autor | Consultoria | Portifólio | Política de Privacidade | Contato