Usabilidoido: Menu Principal

English Website


Design de Interação em Tecnologias Educacionais

Possibilidades de aplicação do Design de Interação.

mesas educacionais da Positivo Informática

Há algum tempo que se fala que a educação precisa ultrapassar o paradigma de transmissão de conhecimento, porém, poucos conseguiram tal façanha. Geralmente novas tecnologias são incorporadas para reforçar ainda mais esse modelo tradicional, como bem observou Luli Radfahrer em sua palestra magna.

O professor Michael Welsch ficou famoso pelos seus vídeos no Youtube demonstrando a disparidade entre o uso de novas tecnologias no dia-a-dia dos estudantes e dentro da escola. O que pouca gente viu são seus próprios experimentos de ensino em sala de aula. WorldSim é uma espécie de jogo que ele promove entre seus alunos para perceber os múltiplos fatores que delineiam uma cultura.

WorldSim é muito parecido com Civilization. A diferença principal é que este último tem suas regras gravadas num computador. Aliás, Civilization já é usado em escolas canadenses para ensinar História há alguns anos.

A novidade agora é usar Spore nas aulas de Biologia. O próprio Will Wright, criador do jogo, admite que além de entretenimento, ele gostaria que os jogadores aprendessem sobre teoria da evolução.

Criaturas do Spore

O Museu da Língua Portuguesa em São Paulo e o Museu de Ciência e Tecnologia da PUC-RS são provas de que investir em ferramentas de educação interativa dá resultado. São dois dos museus mais visitados em toda a América Latina, fazendo vivo um conhecimento que poderia estar abandonado em exposições tradicionais, como é o caso da maioria dos museus brasileiros.

Detalhe importante: a lista de reprodução acima agrega vídeos criados e publicados espontaneamente por crianças e adolescentes que visitaram o museu usando seus telefones celulares e câmeras digitais. Poderiam ser excelente material didático numa aula posterior para rever os princípios físicos dos experimentos, mas muito provavelmente o professor nem sabe que esses vídeos existem. Infelizmente, os professores ainda discutem se devem bloquear celulares ou Youtube nas escolas...

Olha só o que acontece quando educadores abraçam a tecnologia ao invés de repelir: as mesas educacionais da Positivo permitem que as crianças realizem atividades de escrita e matemática utilizando blocos de fácil manipulação e compartilhamento. Esta mesa foi criada no Brasil e é usada em vários outros países. Esta foto, por exemplo, foi tirada numa escola da Flórida, onde é usada para a educação especial.

mesa de matemática

O desafio é demonstrar aos educadores às possibilidades das tecnologias educacionais. Creio que designers de interação podem fazer uma boa ponte entre Pedagogia e Engenharia.

E para não dizer que não falei de Educação à Distância, que cresce a passos largos no Brasil, destaco o projeto RIVED que mantém um banco de objetos de aprendizagem com milhares de atividades interativas.


Dicas

Siga-me no Twitter, Facebook, LinkedIn ou iTunes.

Autor

Frederick van Amstel - Quem? / Contato - 17/03/2009

Palavras-chave

educação    aprendizado    jogos    interatividade    

Opções



Comentários

Discussão
raquel
17/03/09 às 21:17

O site do Rived eu sempre insisto e desisto. Nunca encontro nada lá. Não acho uma lista com os tais dos objetos, tem que adivinhar algum que exista. E eu nunca adivinho. Hoje até achei engraçado, eles tem um curso (!) para ensinar as pessoas a usarem.

Legal o post, é a minha realidade, mas não é. ;)




Comente.






(aguarde que é demorado mesmo...)


Você merece.

Assine nosso conteúdo e receba novidades sem sair de casa!

Atualizado com o Movable Type.

Alguns direitos reservados por Frederick van Amstel.

Apresentação do autor | Consultoria | Portifólio | Política de Privacidade | Contato