Usabilidoido: Menu Principal

English Website


Cor não é questão de gosto, é de cultura

A percepção de cores não é dada diretamente pelas propriedades do estímulo. Ao invés disso, os comprimentos de onda são simbolizados (organizados) como estímulos psicologicamente significativos e, como tais, são percebidos e a eles se reage.

Motivo desenhado com cores fortemente associadas à China

Minha última aventura em busca de conhecimento sobre design de informação foi no curso de Engenharia Cartográfica. Os caras que fazem mapas chamaram duas professoras de psicologia para falar sobre Cognição, disciplina que trata, entre outras, da forma como interpretamos os estímulos do mundo externo.

As duas vinham da corrente sócio-história da psicologia, que estuda o homem sempre dentro de seu contexto social. Nossos pensamentos, sentimentos, reações e outras funções cerebrais são determinadas pela sociedade em que vivemos e não por herança biológica, como se acredita em outras correntes mais positivistas.

As evidências são muitas. O caso da percepção de cores é emblemática. Um pesquisador russo chamado Luria estudou agricultores na extinta União Soviética e descobriu que eles simplesmente não conseguiam abstrair uma cor para além do objeto colorido. Para eles, só existiam as cores pêra, algodão estragado, algodão em flor, dente podre, esterco de bezerro, esterco de porco e etc. Azul? Vermelho? Verde? Nunca viram tais objetos antes...

Já os hanunu das Filipinas reconhecem quatro categorias de cores: preto, branco, verde e vermelho, que reúnem as cores por nós conhecidas e incluem propriedades como "seco" e "úmido". Uma secção marrom, brilhante e úmida de um bambu recém cortado é considerada verde e não vermelha, apesar de usarem vermelho para se referirem a objetos marrons em outros contextos.

Apesar das escolas ensinarem a versão científica da percepção de cores dos pigmentos, na qual o espectro se divide em 3 primárias (azul, vermelho e amarelo) e 3 secundárias (roxo, verde, laranja), o próprio nome das cores revela seu significado cultural.

Não pude fazer uma pesquisa etimológica do vocabulário em português porque não disponho de tal dicionário, mas fiz em inglês:

  green (verde) vem do inglês grow, que significa crescer. Inicialmente, indicava a cor das plantas vivas e, depois, tinha sentido mais amplo de joviedade.
  yellow (amarelo) era usado inicialmente pelos negros trazidos da África para definir as pessoas de pele clara. Em 1856 foi registrado com o senso de covardice, apesar da cor já estar associada ao ensino.
  orange (laranja) originou-se do sânscrito naranga, que significa "árvore de laranja".
  red (vermelho) vem de reudh, que originou o termo de diversas línguas já se referindo à cor vermelha (latim "rufus", grego "erythros", sânscrito "ruddhira", etc). A luz vermelha para significar "pare" data de 1849, muito antes dos sinais de tráfego.
  blue (azul) vem de bhle-was, que originou bla no alemão medieval e flavus no Latim significando amarelo. Na Escandinávia, originou blamaor, preto e em grego originou phalos, branco. O primeiro significado registrado é constância e, depois, luxúria. Com as blueprints (plantas-baixas), a cor ficou associada a planos detalhados.
  purple (roxo) vem do grego porphyra, nome dado a um crustáceo do qual se extraía uma pedra semi-preciosa roxa. A tintura roxa produzida na fenícia já era usada para tingir roupas reais há milhares de anos. Ainda é a cor da reclusão e da penitência na Igreja e na realeza.

Por esse motivo, não se pode dizer que os comprimentos de onda da luz referentes ao vermelho tem o mesmo significado aqui e no mundo todo. Não nem mesmo reconhecer um mesmo significado dentro de uma mesma cultura, já que em lugares diferentes, terá efeitos diferentes. O vermelho é energético em academias, preocupante em hospitais e desafiante numa bebida. Isso sem falar que a percepção do vermelho dependerá das cores ao redor.

Então já que é tão variável seria melhor usar cores a esmo, idependente de significados culturais? Não! Melhor é conhecer bem o contexto em que ela será usada e escolher com muito cuidado. Segundo as professoras do curso, um tal de Vygotsky tem métodos interessantes para analisar a cognição humana. Um dia pesquiso mais sobre.

No campo de Interação Humano-Computador já conhecia o método de Contextual Inquiry, que veio da antropologia. Basicamente, o profissional visita o local de trabalho do usuário, conversa com ele e toma diversas anotações, principalmente no que se refere ao fluxo de trabalho. Quem sabe, poderia ser atualizado para incluir a análise cognitiva também.

[ Dica ] Para uma divertida coletânea de significados culturais das cores, recomendo altamente o site Color in Motion, produto da dissertação de mestrado de Maria Claudia Cortes.


Dicas

Siga-me no Twitter.

Autor

Frederick van Amstel - Quem? / Contato - 02/04/2005

Palavras-chave

cor    cultura    percepção    

Opções



Comentários

Discussão
Ivo Gomes
04/04/05 às 07:13

Excelente artigo!
A escolha das cores por vezes é uma decisão difícil e que pode ter um impacto muito grande na interacção com o utilizador.


Discussão
Leandro Menezes Ferreira
04/04/05 às 14:43

mais uma vez, o foco é o usuário

..e não o cliente dentista que insiste em querer roxo no site


Discussão
Fred
04/04/05 às 15:12

Bem Leandro, às vezes o cliente sabe melhor que nós quais são as cores usadas no seus segmento de mercado. Eles não sabem o porquê, mas como todo mundo usa, querem também. Em geral, esse conhecimento é fruto de experimentação prévia de muitas pessoas e deve ser considerado.

O problema é quando a sugestão do cliente não parte dessa experiência, mas sim de algum capricho pessoal. Aí sim, temos um problema. Ele pode gostar do roxo, mas seus clientes não.

Acho que nesse caso, o roxo pode ser adequado. Não fiz uma pesquisa intensa, mas já vi alguns sites do ramo por aí usarem bem o roxo como coadjuvante. É uma cor que expressa calma e ajuda a diminuir o "medo da broca". Matizes próximos do azul também são muito usados. Veja alguns exemplos:

http://www.lvidocs.com/
http://www.burleycosmeticdentistry.com/


Discussão
Toninho
05/04/05 às 16:53

Pô, sensacional o site COLOR IN MOTION! \0/


Discussão
Fernando Lima
20/04/05 às 15:02

Concordo com o Fred e acrescento:

Falando em termos de internet e nos trabalhos que me são apresentados, o padrão cromático já vem determinado pelo cliente. Seja pela marca ou material impresso já existente.

Até que ponto aplicar esses conceitos sem bater de frente com o que já está pré-estabelecido? Vale a pena mudar o que você acha que está errado e conflitar com algo que não pode ser mudado mais?

[]´s


Discussão
Carol
09/05/05 às 19:16

Pô, vlw mesmo, ta me ajudando mt...qnd meu trabalho fikr pronto eu te mostro!!!

Bjux


Discussão
marcelo
11/08/05 às 00:04

cara .. preciso de você! .. tem como me ajudar? estou me formando (Design Gráfico) vai ser sobre o DESIGN INSTRUTIVO usado em ensino de longa distancia ... to querendo trocar umas ideias com você! vou te mandar um email.


Discussão
LÍDIA
10/09/05 às 19:31

Eu tamben acho que "COR NÃO É QUESTÃO DE GOSTO,E É DE CULTURA,adoro essas cores ó:ROXO,ROSA E AZUL...
THAU,E...
TENHA 1 OTIMA ESCOLHA EM!!!!!!!


Discussão
Aline
15/09/05 às 11:07

Desculpe... Talvez seja chata dizendo isso, mas é que realmente acho que o layout do site atrapalha na conquista da credibilidade... apesar do conteúdo ser muito bom! Sabe, penso que mais parece muito infantil... a disposição dos textos, das imagens, enfim.
A título de sugestão, poderia dizer que o site deveria ser rediagramado...


Discussão
Alexandre
01/10/05 às 15:15

Que barato!!! As cores tem um poder de influência muito forte. Quero conhecer mais o assunto. E queria deixar aqui as minhas considerações sobre as coisas que nos atrem pela vista. Sou evangélico, por isso freqüento constantemente as igrejas, e tenho ouvido mensagens e aprendido boas lições vitais baseadas na Bíblia no que diz respeito ao "PECADO". Será interssante você dar uma lida em algumas passagens bíblicas, tais como: Gênesis, cap 3, onde a serpente faz Eva lançar os olhos na árvore do conhecimento do bem e do mal e desejar o seu fruto; Gênesis, cap 39, onde a mulher de Potifar lança os olhos sobre José e deseja deitar-se com ele; Mateus, cap 6, onde o Senhor Jesus fala sobre o olhar; Mateus, cap. 26, vers.41, onde o Senhor ensina seus discípulos a vigiarem. O ensinamento é uma exortação para que o homem não caia, ou entre em tentação. Para evitar tal fatalidade é necessário que haja uma vigilância pelo conhecimento da Palavra de Deus - o caminho que deve ser seguido pelos homens - e orações diárias dirigidas ao mesmo Deus e Pai, assim como o Senhor ensinou: não nos deixe cair em tentação e livra-nos do mailgno. A primeira fase da tentação está no olhar!!! Existem coisas que tem uma coloração agradável e desejável, mas sua excência é de substância mortal.
Bom, espero que essa lição seja gravada no coração de cada um que ler essas considerações.
Escreva mais as suas idéias.Ficou legal o seu trabalho...parabéns!!!


Discussão
alexandre
14/11/05 às 13:14

Eu estava a ler o comentário sobre o site com tons roxos do dentista, e pensei este site tá curtido mesmo! Fundo branco, não cansa a vista e a cabeça como aqueles sites cheios de links e coisas, tá fixe mesmo! Parabéns


Discussão
Gislane da Silva Cruz
10/01/06 às 11:49

Eu amo a cor roxo (purple), embora ainda tenham muitas discriminações eu não me importo com a opnião das pessoas sobre a cor simplismente me sinto bem usando ela e não abro mão. O meu estilo é ter tudo roxo porque eu tenho uma obcessão pela cor , eu já pintei até o meu cabelo, minhas roupas são todas roxas, e pra mim o roxo é lindo. Eu gostei de ter feito essa pesquisa
e espero que vocês vêm sempre renovem e tragam mais novidades sobre a minha cor!!! Que eu aaamooooo...... De coração


Discussão
sandra
27/01/06 às 09:53

muito xou adorei,


Discussão
Claudia
17/02/06 às 14:58

Olá...
Estou pensando em pintar uma das paredes da sala da minha casa de roxo e gostaria de saber qual a influência desta cor nesse tipo de situação (ambiente)!


Discussão
leidiane alves da silva
13/03/06 às 13:31

tava fazendo um trabalho de escola e reslvi passar por aqui e consegui oque eu queria.foi uma ideia otima oferecer um espaço para nós comentarmos.


Discussão
wladmyr
21/03/06 às 09:35

Usar roxo, é, realmente. O problema é quando o cliente é cego, sem conotações engraçadinhas, cego no sentido de ser absolutamente engessado com relação a uma opinião: Quero o site em Preto com letras amarelas. Dois dias depois voce volta após uma argumentação de zilhões de minutos e ele continua: Quero então Amarelo com letras Pretas. Na minha experiência resolvi isso de uma maneira tão radical como esse tipo de cliente, simplesmente conjugo o verbo já fui no pretérito perfeito do partindo.
Alguns mais pacientes que tentem, de minha parte: Cansei de tentar dar luz a cego...


Discussão
wladmyr
21/03/06 às 09:43

Mulheres, o mundo inteiro pode estar pegando fogo e elas querem saber se vermelho iria bem na parede da sala de jantar. Quando falo que mulher não tem pensamento cartesiano jogam pedras em mim, Fred é um ótimo tema para voce: Usabilidade na Internet e o Universo feminino.
ficou acadêmico demais, melhor: A influência cognitiva do Fogão de seis bocas no universo digital, breve relato, experiências, uma visão antes da novela, O que elas pensam?, qual o sexo dos anjos no cyberspace.


Discussão
Neto do Badanha
26/04/06 às 02:18

Finalmente uma nova perspectiva no assunto, parabéns Frederick pela busca em outros horizontes, sobretudo nas aréas humanas as quais aqui represento.

As pessoas percebem as cores (a "realidade" - uma abstração) de formas diferentes,culturais e temporais, não atraves de leis naturais e imutaveis. Que decepção para quem decorou aquelas famosas tabelas de cores.
Joguem -as no lixo, por favor !

Que tal outras abordagens?


Discussão
Edson Pfützenreuter
31/05/06 às 22:48

Não da para esquecer que sou professor...

Francisco J. Varela, tem um livro fabuloso onde relata sua visão de ciência cognitivas,que a articula o pensamento com o corpo em ação no mundo.

Nesse livro "A mente incorporada: ciências cognitivas e experiência humana", da ARTMED, ele mostra as experiência de cor, como um estudo de caso do que ele chama de "cognição incorporada.


Discussão
Antonio Carlos R. Pinto de Queiroz
12/07/06 às 09:08

Bom dia:
Sou pintor de Arte e neste momento estou a trabalhar com psicologia da cor.
Exemplo
acabei de pintar as 4 estações do ano Coordenei e estudei as cores da primavera e assim por diante O AMOR A Alegria a Tristeza e por aí diante Acontece que estou com o estudo das cores do poder e eu pretendo saber qual o simbolo quero posso e mando. Será possivel darme umas nicas ou onde poderei encontrar.
Obrigado,dutuca


Discussão
Jair C. Togni Federle
18/08/06 às 21:18

Legal!!!
Trabalho bastante... o material do site tem sido de tamanha praticidade para conciliar trabalho e informação.
Valeu.


Discussão
Marcela
23/09/06 às 22:09

Eu gostei muito desse site e da sua visão crítica e lógica sobre o olhar das cores.Não deixe que as críticas te abalem e nem elogios te elevem..porque você tem que focalizar somente naquilo que é objetivo !
Bom final de semana. =D


Discussão
miguxinhaaa
22/11/06 às 13:41

hum ... acho q a escolha é propria e gostuh sempre vem de vc mesmah .. mais uma ajudinha com a escolha da cor ideal é muito baum...
eu adoro... rosa,mais as vezes prefiro sair de pretuh e assim possesivamente"uauuuuuuuu...
por issuh q devemos ser confiantes em nossas proprias escolhas!


Discussão
Anita
01/12/06 às 13:10

Senhor wladmyr, por acaso você é mineiro? só pode, pra falar mal de mulher assim...
e para alguém que critica tanto a inteligência feminina, o seu site é bem ruinzinho, ergonomicamente falando, com uma péssima escolha tipográfica que não condiz com o conteúdo, além de ter muita informação mal diagramada.
Não há nada de atrativo e, a propósito, esse layout é muito genérico, podia ser de qualquer outro assunto, tipo: um blog falando como vc odeia mulheres.
E é ridículo esse efeito degradê nas bordas das imagens, não acrescentam em nada.

Sem falar na navegabilidade. Eu entrei em um link e não há mais volta! como assim?? tudo bem, eu como uma pessoa inteligente uso o backspace, mas vc como uma pessoa mais inteligente ainda devia saber que o usuário que não tem tanta experiência possui dificuldades em usar esses atalhos. (quem quiser ver, tente ir pra algum lugar do mesmo site a partir desta página: http://www.wbh.com.br/criacao.htm)
E nesta daqui (http://www.wbh.com.br/) se eu não soubesse que ctrl + mouse wheel desse zoom na fonte, eu teria desistido de ler na primeira linha do texto no box de cor verde escuro lá embaixo.

E eu não preciso nem comentar este link aqui http://www.wbh.com.br/clientes.htm

Na verdade eu espero que você não tenha feito esse site, pq é muito queima filme e um insulto à inteligência masculina ^_~

Mas agora comentarei sobre as cores. Realmente o cliente não entende que a nossa escolha cromática para o projeto é embasada num briefing complexo, na análise composicional e que não decidimos por gosto.
E é pra isso que é essencial um conceito muito bem formado e convincente, senão ele continuará exigindo que você faça um site em preto com fonte amarela.


Discussão
Himler Strabbs
11/12/06 às 19:13

Não acredito em processos culturais para gosto em relação à cores. Em diversas culturas encontramos individuos que preferem umas às outras, acho que é puramente individual.


Discussão
wladmyr
11/12/06 às 19:21

Anita, você entende alguma coisa da equação de page-rank do google? hhehehheheeh


Discussão
clo barcellos
18/12/06 às 17:18

Este site é um barato. E com todas essas constribuições, então, fica mesmo legal. Um elogia a diagramação, outro mete pau, diz que o site é ruinzinho. Uma mina xinga de monte porque o cara que escreve é um chauvinista. É o povo e a voz de babel, onde ninguém se entende. Sem falar no cara cristão que vê a cor como a representação do pecado. Precisarei voltar mais vezes. Vc ganhou um continue assim, com estrelinha!
clo barcellos, designer


Discussão
vera
22/03/07 às 18:31

Olá...
Gostaria de receber sua opinião a respeito de em pintar uma das paredes da sala do escritorio de roxo, temos 6 pessoas trabalhando nela e qual a influência desta cor nesse tipo de (ambiente)!Trabalhamos em produção com nivel de estresse grande pois, tudo é sempre para ontem. Obrigada


Discussão
Kalliska
04/09/07 às 21:31

Meu Deus......ou melhor.........gente o que é isso......comecei a pesquisa por maquiagem.......passei por aqui....confesso que fiquei pasma...porém sou persistente.....até mais....


Discussão
Kalliska
04/09/07 às 21:34

Meu Deus......ou melhor.........gente o que é isso......comecei a pesquisa por maquiagem.......passei por aqui....confesso que fiquei pasma...porém sou persistente.....até mais....


Discussão
Phelipe Vasconcelos
21/09/07 às 10:24

Muito bom mesmo!!!
Estou na minha sala de aula na faculdade , e meu professor me passou esse site para conhecermos melhos as cores,
e adorei a iniciativa.
Parabens....
Estudante de Sistemas para Internet
(Mas ja trabalho com desenvolvimento de home page à 3 anos)
Phelipe Vasconcelos
Brasilia-DF


Discussão
ErnÂni Getirana
04/01/08 às 21:39

Tá na cultura, é questão de decifração como diz Maffesoli. Com as cores não seria diferente. Diferente mesmo é esse site! Bom achar coisas assim na internet. Abraços. Ernâni Getirana, de Pedro II, a Terra da Opala ... gema cheia de cores...


Discussão
eliany
08/03/08 às 20:29

uau!!! tudo de bom
estou pesquisando psicologia das cores na maquiagem,
demais adorei !!!!!!!


Discussão
A. Queiroz
08/08/08 às 20:38

Todos estes comentários partiu da minha pergunta sobre a psicologia da cor. Não obtive uma informação concreta meti os pés a caminho ( mãos ) se querem ver o meu trabalho concluido! vão ao motor de busca google e escreva « dutuca pintor » depois digam algo sobre as pinturas, obrigado.


Discussão
A. Queiroz
08/08/08 às 20:40

Todos estes comentários partiu da minha pergunta sobre a psicologia da cor. Não obtive uma informação concreta meti os pés a caminho ( mãos ) se querem ver o meu trabalho concluido! vão ao motor de busca google e escreva « dutuca pintor » depois digam algo sobre as pinturas, obrigado.


Discussão
duTuca
08/08/08 às 22:46

Vá lá caros amigos vamos fazer comentários serios e construtivos porque, Nascer Pequeno e Morrer Grande é Ser Homen


Discussão
Luciene Cristine
10/11/08 às 14:52

Não me ajudou em nada eu queria algo específicamente sobre A PSICOLOGIA DA COR VERMELHA e você fala sobre cores e não em específico sobre a cor VERMELHO.


Discussão
JUCELIA
26/04/09 às 14:57

Olá , gostaria de uma dica para pintar uma loja de aviamentos estou em dúvida entre o laranja e o verde.
Quero que a parede do fundo contraste com as das laterais.
gostaria de uma cor que aguçe a criatividade.



Retrucadas

Se você tem um blog, pode retrucar via TrackBack:
http://www.usabilidoido.com.br/cgi-bin/mt/mt-tb.cgi/192


Comente.






(aguarde que é demorado mesmo...)


Você merece.

Assine nosso conteúdo e receba novidades sem sair de casa!

Atualizado com o Movable Type.

Alguns direitos reservados por Frederick van Amstel.

Apresentação do autor | Consultoria | Portifólio | Política de Privacidade | Contato