Usabilidoido: Menu Principal

English Website


A importância da consistência no tom

Apesar de muito bem escrito, ilustrado, animado e arquitetado, o infográfico Forças da Natureza da National Geographics me deixou numa posição desconfortável. Ele vai contando aos poucos como se formam os tornados, terremotos e vulcões e mostra relatos da destruição causada por essas imprevisíveis catástrofes. Porém, nos cantos há um botão em destaque diz coisas como:

  • Cause o seu próprio tornado!
  • Construa o seu próprio vulcão!
  • Rodopie o seu próprio furacão!
  • Prepare um terrmoto!

Sim, com todos esses acentos de exclamação, como se destruir grandes nacos de civilização fosse algo maravilhoso. As telas a que eles levam realmente te permitem fazer isso. Veja esse pobre prédio abaixo. Com o clique de um botão você escolhe que tipo de terremoto vai devastá-lo.

Um pobre prédio que será estilhaçado

Não é mórbido?

Não sou contra ter essa seção dentro do infográfico, aliás acho que ela é o pulo-do-gato da peça inteira. Escolher opções e ver suas consequências imediatamente é uma forma muito boa de se ensinar um conceito. Porém ver o celeiro voando dentro de um tornado não é suficiente dramático para que o usuário (ou seja lá o que for o cara que está dianta de um infográfico interativo) tenha noção das reais consequências de um tornado. Melhor seria se uma vaca subisse no aspirador, ou quem sabe uma pessoa. Fotos reais de pessoas chorando por terremotos semelhantes aos que a pessoa causou também devolveriam a moral que faltou ao infográfico.

Mas o pior mesmo foram os malditos botões cheios de exclamação. Pessoal não se preocupa muito com isso, mas texto na Web é crucial, é a essência. Não dá pra descuidar disso e investir em sequências mirabolantes geradas em 3D Studio.


Dicas

Siga-me no Twitter, Facebook, LinkedIn ou iTunes.

Autor

Frederick van Amstel - Quem? / Contato - 23/08/2004

Palavras-chave

infografia    forças    da    natureza    forces    nature    redação    tom    ton    

Opções



Comentários

Discussão
Antonio
10/11/04 às 10:38

Viajou Fred. Não é necessário moral nesta história simplesmente pq vc não pode gerar um tufão! Não é como ensinar a usar uma arma ou montar uma bomba. É didática fria de física e geografia tornada divertida! hehehe... vc acha q videogames violentos tem que mostrar no final fotos das viúvas e órfãos dos caras que matamos tb? ;-)


Discussão
Fred
10/11/04 às 15:51

Este infográfico não pode ser comparado com um game. Seu objetivo principal é informar e não divertir. A coisa é séria. Nós aqui no Brasil não lidamos com essas catástrofes, mas tenho certeza de que os estadunidenses que já tiveram grandes perdas com tufões ficariam ofendidos com a escorregada do infográfico.


Discussão
Antonio
11/11/04 às 18:31

O objetivo principal de um dicionário é informar. O meio é a mensagem. Se está animado e vc interage, tem aspectos lúdicos e quer gerar prazer, recompensa. Americanos neuróticos com o "politicamente correto" vão se ofender sim. Mas ninguém pode gerar um tufão! Não há motivo pra colocar moral na história no fim da fábula. Se eu ensino o efeito do cianureto tenho que alertar para os perigo e chamar para a responsabilidade. Mas tufão? Quem vai poder aumentar e diminuir a pressão atmosférica? Fred, vc tá muito sério.
:-P


Discussão
Lethiane
12/08/05 às 23:45

Gostaria que tivesse fotos de terremotos, pois procurei e não encontrei nesta janela.


Discussão
manuela
12/08/05 às 23:48

eu acho que deveriam se empenhar mais em encontrar fotos sobre:terremotos, maremotos,sismógrafo e etc...
Gostaria muito de achar as fotos que procuro sobre terremotos.


Discussão
marina
09/10/05 às 23:07

keria q tivec uma explikção de como c forma os terremotos....maremotos etc...


Discussão
david varelo sampaio
15/10/05 às 09:10

eu adorei esse site pois ele vai me ajudar naminha pesquisa escolar. Nela eu vou explicar sobre como se forma um furacão, terremoto, vulcão, tornados e a tsunami que ocorreu na Ásia que devastou uma boa parte da cidade. Também vou ter que falar da tragedia que ocorreu no Estados Unidos 'graças' ao furacao KATRINA (1 dos maiores da história) foi uma catastrofe. muito obg!!!!!!!!


Discussão
Gabriel
22/10/05 às 10:55

gostei das fotos e tudo legal + nao encontrei oq queia


Discussão
LEOZINHO
25/10/05 às 15:41

Eu estou procurando as consequencias de um tufão porfavor alguem me ajuda e para um trabalho urgente rapido alguem fala para mim


Discussão
thais de andrade souza
02/04/06 às 10:24

eu gostei muito do site pois estou conseguindo fazer minhas pesquisas vcs estão de parabéns


valeu


Discussão
Thais Gulias
22/05/06 às 20:34

Vcs tao de parabens fico otimo muita genti vai consiqui conclui seu dever aqui.


Discussão
maria
08/08/06 às 17:05

adoreiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii


Discussão
erica
22/08/06 às 00:51

adorei, como eu faço para ler em portugues pois n~~ao entendo nada em ingles


Discussão
jennifer vinicios firmino da silva
14/09/06 às 10:40

eu quero procurar coisas sobrew os terremotos


Discussão
felipe
16/09/06 às 16:10

eu adoro skailayne


Discussão
Anselmo Mirk
09/12/06 às 16:32

Gostaria de saber mais sobre os principais terremotos que causaram o maior numero de vitimas da história mundial... mas naum estou conseguindo encontrar será que poderia me ajudar em resolver essa questão. Obrigado.


Discussão
giovanna martins
09/03/07 às 13:55

bom eu moro no brasil,e..,,nunca presenciei um terremoto ou uma erupçao de voulcao,mas acredito que deve ser horrivel ter um ente querido morto ou ate mesmo um amigo.
sei que e triste ter uma cidade ,estado ou pais destruido mas nao e a pior das peças que a vida nos pega nao e mesmo...
pra todos que presenciaram essa cituaçao,boa sorte e nunca se esquecam que nao e a pior coisa do mundo.
obrida,giovanna.


Discussão
clara
25/03/07 às 16:32

quero fotos de terremotos


Discussão
natalia
22/04/07 às 13:00

podia ter mais coizas


Discussão
Laura
15/10/08 às 23:33

ai podia termais coisas mesmo e enriquecer mais o site com fotos!
beijos




Comente.






(aguarde que é demorado mesmo...)

Pegue um fruto.


Você merece.

Assine nosso conteúdo e receba novidades sem sair de casa!

Atualizado com o Movable Type.

Alguns direitos reservados por Frederick van Amstel.

Apresentação do autor | Consultoria | Portifólio | Política de Privacidade | Contato